Radio

terça-feira, 8 de setembro de 2009

ORAÇÃO DE PODER CONTRA A MALEDICÊNCIA(CONTRA FOFOCAS, CALÚNIAS E CONTENDAS CAUSADAS PELA LÍNGUA)

Todas as vezes em que se rezar "livrai-nos do mal", deve-se fazer o sinal da cruz nos lábios, num gesto de consagração. Vinde ó Deus em Nosso Auxílio Socorrei-nos sem demora.
1.Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
RL: Espíritos Angélicos do Céu, adoradores do Verbo e de todos os sacrários da Face da Terra, nós vos invocamos neste momento. São Miguel, São Rafael e São Gabriel.
PADRE: Vem Espírito Santo de Deus por meio da poderosa Intercessão da Imaculada Virgem Maria, vossa amadíssima esposa, vinde e queimais todo o pecado cometido pela força das palavras proferidas de forma evidentemente erradas pela língua.
RL: "Também a língua é um fogo, um mundo de iniquidade, está entre os membros que contamina todo o corpo; e quando inflamada pelo inferno incendeia o curso de nossa vida. De uma mesma boca procedem a benção e a maldição" (Tiago 3, 6 e 10)
PADRE: Pai Nosso que estás no céu, Santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso Reino seja feito a Vossa Vontade, assim na Terra como nosso Céu.
RL: O Pão nosso de cada nos dai hoje, perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tenração mas livrai-nos do mal...
RL: Livrai-nos do mal... Do espinho cruel e venenoso causado pela língua.
PADRE: Livrai-nos do mal... das palavras corrosivas e caluniadoras voltadas ao defeito do outro, disfarçadas de mel, mas repleta de mentira, hipocrisia, falsidade e fel.
RL: Livrai-nos do mal... das palavras discretas, porém, perigosas, que rogam malefícios de pragas e maldições, de inveja, ciúmes e avareza. Palavras de perigo, proferidas no oculto, proferidas as escondidas, como um punhal fincado pelas costas.
PADRE: Livrai-nos do mal... da maledicência que é a cultura da inutilidade do solo do coração apodrecido, de almas devastadas pela inveja e pelo sentimento de rejeição e complexo de inferioridade.
RL: Livrai-nos do mal... do Veneno dos infernos que contaminam o coração, a mente e estrutura dos filhos de Deus, impulsionando-os à fofoca e calúnia, ao desejo de fazer o mal, ao descontentamento da vitória dos outros, da falta de caridade e amor. Das maquinações envolvidas pela maledicência, da língua pérfida, ciumenta e mentirosa
PADRE: Em nome de Jesus, pela intercessão da Virgem Maria e espada de São Miguel, na autoridade da palavra de Deus, sejam purificados os lábios e as línguas dos maldizentes, que esses lábios e essas línguas possam Bendizer ao Deus Vivo no irmão, pois para isso significa sua existência.
RL: "Se alguém não cair por palavras, este é um homem perfeito, refreando sua língua, refreia todo o seu corpo; quem fala mal do seu irmão, ou o julga, fala mal da lei e se torna um cruel juiz, reconhecei a vossa miséria e convertei-vos" (Tiago 3. 3 e 4. 9-11)
PADRE: Disse nosso Senhor Jesus no Evangelho de Marcos "O que torna o homem impuro, não é o que está fora, mas o que está dentro dele, pois de dentro do homem é que sai toda a má intenção, ciúmes, inveja, assassínios, imoralidades, ambição desmedida, adultério, falta de juízo". RL: Jesus manda teu Espírito Santo, para que de nosso coração brote a fé, a esperança e amor, por isso com poder de filho amado de Deus eu declaro como Miguel:
QUEM COMO DEUS? NINGUÉM COMO DEUS